Grito de Socorro – Empresas do transporte escolar de Rondônia se unem em associação

34 empresas se juntaram no último dia 18 de setembro em Cacoal para se unirem em busca de serem ouvidos pelo poder público e pela sociedade como um todo. Estas empresas em Assembleia Geral constituíram a ASSOCIAÇÃO DAS EMPRESAS DE TRANSPORTE ESCOLAR DE RONDÔNIA – ASSETERO, e são membros fundadores desta união de esforços.

Nesta assembleia já deliberaram as próximas ações a serem realizadas pela associação, bem como elegeram a diretoria que estará a frente da entidade para os próximos 2 (dois) anos, compondo diretoria executiva, conselho administrativo e conselho fiscal. Com uma ampla participação de empresas de todas as regiões do Estado de Rondônia, demonstrando assim unidade e organização por parte destes empresários.

O presidente eleito Hevert Bueno, destacou “Necessitamos de sermos recebidos, ouvidos e atendidos pelo poder público Municipal e Estadual, o transporte escolar é atividade essencial, somos contratados do poder público, este não pode deixar esta atividade desta forma, abandonada ao acaso do destino. Ao contrário como teremos um retorno as aulas?”.

As ações que serão desenvolvidas pela ASSETERO visam pautar com o Governo do Estado, Assembleia Legislativa e Municípios a busca por um auxilio que possa ao menos recopor os custos fixos que as empresas estão tendo neste momento de pandemia, as atividades mesmo suspensa possuem custos fixos que são absorvidos pelas empresas, e estas estão desde março amargando prejuízos e não conseguem mais manter o mínimo necessário.

Para o Vice-Presidente Leandro Corá de Cacoal, a associação é um fortalecimento necessário para as empresas “Com esta união das empresas, teremos condições legitimas de demonstrar uma pauta necessária e adequada ao momento, bem como poderemos ser ouvidos, e caso necessário seja, buscarmos na justiça os direitos da categoria”. Ressaltou Corá.

Ficou agendado já uma visita da diretoria da ASSETERO em Porto Velho para buscar apoio dos deputados estaduais.